O envelhecimento é um processo que, apesar de fazer parte da vida, provoca sentimentos confusos. Afinal, mesmo com toda bagagem e experiência que só a idade pode nos trazer, junto a ela aparecem uma série de marcas no corpo (visíveis, ou não). Hoje, vamos conversar sobre as evidentes, ou seja: rugas, linhas de expressão e flacidez.

A boa notícia é que, dependendo das condutas que uma pessoa adotar com sua pele, é mais simples amenizar os sinais da idade nela provocados. Isso inclui skincare, procedimentos estéticos e até mesmo algumas cirurgias simples.

Neste bate-papo, no entanto, quero me concentrar nas alternativas pouco invasivas para chegar à meia idade com a pele mais jovem, viçosa e bem-cuidada, combinado? Vamos lá!

Como amenizar os sinais da idade?

O que você acha de separarmos esse tópico em duas categorias: cuidados com a pele que podem ser feitos em casa (por meio das orientações de um profissional, claro), e procedimentos feitos em consultório?

Assim, fica mais fácil saber tudo o que você precisa para amenizar os sinais de envelhecimento de todas as formas possíveis. Então, veja só:

Cuidados com a pele em casa

Nós não podemos falar em cuidados com a pele simples, que podem ser feitos apenas por meio de alguns produtos recomendados pelo dermatologista, sem conversarmos sobre a tríade do skincare: limpeza, esfoliação e hidratação (e alguns cuidados a mais).

1. Limpeza

Aqui, o processo é simples. Logo após acordar e antes de dormir, lave o rosto com um sabonete apropriado para tal e que combine com o seu tipo de pele.

De tempos em tempos, recorra a uma limpeza de pele profissional e amenize os sinais da idade ainda mais!

2. Esfoliação

É possível fazer uma esfoliação simples em casa, especialmente com algumas receitas caseiras para a pele, ou por meio de dermocosméticos recomendados pelo dermatologista.

No caso dos produtos farmacológicos, a maioria é composta por retinoides (adapaleno, tretinoína etc) ou alfa-hidroxiácidos (ácido glicólico ou láctico).

O objetivo da etapa de esfoliação é retirar o excesso de pele morta da cútis, desobstruindo os poros e renovando o tecido. Para que esse processo seja feito com eficácia, recomenda-se que ele seja realizado uma vez a cada quinze dias.

3. Hidratação

A etapa de hidratação é extremamente importante para a pele porque ela é a maior responsável por amenizar as rugas e linhas de expressão do rosto.

Para saber qual produto é o mais indicado para aplicar na face, converse com o seu dermatologista. Normalmente, os dermocosméticos mais recomendados são aqueles que possuem ácido hialurônico em sua composição.

Dica extra: para melhorar ainda mais o aspecto das rugas e linhas de expressão, e preveni-las por mais tempo, recorra aos antioxidantes (vitaminas A, C e E). Afinal, eles são extremamente eficazes na luta contra os radicais livres que oxidam e danificam nossas células.

Procedimentos em consultório

1. Peeling químico

Iniciando nossa categoria de procedimentos em consultório, vamos conversar um pouco sobre um dos mais procurados atualmente. O peeling químico é uma boa alternativa para quem deseja amenizar os sinais da idade porque, ao descamar a pele por meio de ácidos, ele melhora a textura desta e disfarça as rugas e linhas de expressão.

Existem três tipos de peelings, que vão desde os simples (superficial, feito com alfa-hidroxiácidos, e médio, com ácidos tricloroacético e glicólico), até o mais forte (profundo, com fenol ou ácido tricloroacético).

Os cuidados pré e pós-procedimento, assim como a intensidade do procedimento e seus resultados, dependem do tipo de peeling. Por isso, antes de decidir a qual recorrer, converse com o seu dermatologista.

2. Preenchimento dérmico

Os preenchimentos dérmicos consistem em injeções (geralmente, de ácido hialurônico) que, ao serem aplicadas, retomam o volume de região desejada.

Eles são excelentes não só para quem deseja amenizar as rugas e linhas de expressão, mas para outros propósitos como, por exemplo, harmonização facial ou diminuição das olheiras.

Se você deseja recorrer a esse procedimento, tire todas as suas dúvidas sobre ele com o dermatologista, desde como ele funciona, até quantas seringas são geralmente necessárias para o seu caso.

3. Ultrassons micro e macrofocados

O Ultraformer já é bastante popular aqui em meu blog, e não é à toa. Afinal, ele é um procedimento que, por meio de ultrassons micro e macrofocados. O aparelho emite ondas sonoras que incentivam a produção de colágeno, deixando a pele mais firme.

4. Bioestimuladores

Os bioestimuladores são uma boa opção para amenizar os sinais de idade porque, além de estimularem a produção de colágeno, eles restauram o volume da região aplicada.

O produto injetável é biocompatível e aplicada nas camadas mais profundas da pele. Os tipos de bioestimuladores variam entre:

  • ácido poli-L-láctico (Sculptra®);
  • hidroxiapatita de cálcio (Radiesse®);
  • policaprolactona (Ellansé®).

A escolha da substância, assim como a quantidade aplicada e os resultados obtidos dependem das necessidades e histórico do paciente.

No mais…

Amenizar os sinais da idade parece uma tarefa impossível. Porém, com toda a tecnologia ao nosso favor, o que resta é nos esforçarmos para fazer dela ainda mais eficiente. Isso significa cuidar da saúde da pele por meio de alimentação, hidratação e, claro, proteção solar.

Caso você tenha se interessado por algum dos procedimentos listados neste artigo, marque uma consulta comigo! Juntos, nós vamos escolher a melhor alternativa para o seu caso!


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *