4 tratamentos para melhorar a flacidez e combater a gordura localizada: Criolipólise, radiofrequência, lipo enzimática e bioestimuladores de colágeno!

Atire a primeira pedra quem nunca se incomodou com flacidez ou com aquela gordurinha localizada! São dois problemas muito comuns, que geram muitas dúvidas e também muitas frustrações.

Por isso, criamos este blogpost com 4 tratamentos que combatem a gordura localizada e melhoram a flacidez. Todas as técnicas aqui citadas, são realizadas em minha clínica de dermatologia.

O objetivo é apresentar as possibilidades e responder as dúvidas mais frequentes sobre cada procedimento: Criolipólise, radiofrequência, lipo enzimática e bioestimuladores de colágeno. Confira!

CRIOLIPÓLISE

A criolipólise é um procedimento estético que visa eliminar a gordura localizada congelando as células adiposas.

Essa técnica de congelamento promove a destruição das células de gordura eliminando-as do corpo através de um processo inflamatório.

A técnica consiste na sucção do tecido adiposo realizado pela máquina da criolipólise. A região onde se encontra a gordura localizada é sugada, retirando o calor do local e expondo-o a baixas temperaturas.

Dessa forma, a gordura começa a sofrer modificações ao ser congelada, ocasionando na perda de função das células adiposas. Em decorrência de sua perda de função, as células de gordura morrem e são eliminadas do organismo.

A temperatura varia de -5 a -11 graus e a sessão dura em torno de 45-60 minutos. O resultado não é imediato devido ao processo inflamatório que decorre à morte das células, mas pode ser conferido em alguns meses.

A criolipólise não é indicada para pacientes que apresentem menos de 20mm de gordura localizada. Também é contraindicada para pacientes portadores de doenças renais, hepáticas e com problemas de coagulação.

É um tratamento seguro se feito dentro dos parâmetros corretos, dispondo de uma máquina e manta qualificadas pela ANVISA e um profissional capacitado.

RADIOFREQUÊNCIA

A radiofrequência é um procedimento estético que tem como objetivo combater a flacidez e a gordura localizada.

É uma técnica que também auxilia na redução de medida, trata rugas, celulite, fibroses, cicatrizes e define o contorno corporal.

É um procedimento seguro, eficaz e indolor; executado através de um aparelho que aquece a temperatura da pele e do músculo.

A temperatura muda conforme o objetivo definido pelo médico. Para tratar flacidez por exemplo, a temperatura deve variar de 38 a 42 graus, para celulite e gordura localizada entre 37 e 38 graus e para fibroses e cicatrizes o indicado é 37 graus.

O calor rompe as membranas dos adipócitos, as células de gordura, eliminando-as do organismo.

Da mesma forma, essa elevação de temperatura também induz a produção de mais fibras de colágeno e elastina; o que acontece devido a contração do colágeno já existente.

A técnica deve ser indicada ao paciente por um médico, respeitando as necessidades individuais. Portanto, é necessário buscar a orientação de um dermatologista para uma avaliação antes de iniciar qualquer tratamento.

A radiofrequência é contraindicada para pacientes portadores de doenças sistêmicas e autoimunes como lúpus, grávidas e lactantes, pacientes que tenham próteses metálicas ou estejam com a pele lesionada.

A quantidade de sessões varia conforme o paciente. De acordo com seu objetivo, o paciente pode realizar o procedimento até 2 vezes na semana.

Dessa forma, os resultados são rápidos, podendo ser conferidos nos primeiros 15 dias após a primeira sessão e ficam mais visíveis com o passar do tratamento.

LIPO ENZIMÁTICA

A lipo enzimática é um procedimento estético que trata a gordura localizada em regiões específicas.

Atua nas gordurinhas que são mais difíceis de serem eliminadas, como as do abdômen, flancos, papada, braços e coxas.

Portanto, é um procedimento voltado para o emagrecimento, contorno corporal e redução de medidas.

O procedimento deve ser indicado por um profissional e o paciente deve ser avaliado antes de iniciar o tratamento.

Depois que a avaliação do paciente foi feita, levando em conta suas necessidades, o médico manipulará um conjunto de substâncias personalizado para serem aplicadas na área estipulada.

Posteriormente são realizadas aplicações intradérmicas dessas substâncias que são compostas por vitaminas, minerais e aminoácidos.

Os ativos concentrados são termogênicos, vasodilatadores, lipolíticos e tem o propósito de acelerar o metabolismo, fazer a quebra de gordura, melhorar o fluxo sanguíneo, oxigenação e nutrição da região.

Deste modo, a gordura é eliminada através de excrementos corporais.

A quantidade de sessões está sujeita a alteração, pois depende dos hábitos e porcentagem de gordura do paciente.

A frequência pode variar conforme o medicamento utilizado. Os resultados são rápidos e podem ser conferidos após a primeira sessão.

BIOESTIMULADORES DE COLÁGENO

É um procedimento estético que tem como objetivo estimular a produção de colágeno de modo a combater a flacidez.

A flacidez está associada ao processo de envelhecimento do corpo. Assim sendo, ocorre devido à perda das fibras de colágeno e da desorganização das fibras remanescentes.

Com o passar dos anos, a capacidade de produzir colágeno e elastina diminuem. Esse processo se inicia naturalmente a partir dos 30 anos.

Pacientes que sofrem com o efeito sanfona, que praticam exercícios de alta intensidade, são fumantes ou tem predisposição genética à flacidez, terão seu colágeno degradado mais rapidamente.

Os bioestimuladores são substãncias biocompatíveis que serão injetadas na pele e induzirão a produção de colágeno no organismo.

Portanto, quando injetadas na pele, provocam a princípio uma reação inflamatória controlada. Eventualmente as substâncias serão degradadas e formarão novos fibroblastos a partir das células do próprio paciente.

Os produtos usados nesse tratamento são o ácido polilático (Sculptra®) e a hidroxipatita de cálcio (Radiesse®). A quantidade aplicada varia conforme o produto escolhido, idade e características do paciente.

Os bioestimuladores podem ser aplicados na face, pescoço, colo, braços, abdômen, coxas e glúteos; melhorando, inclusive, celulites e estrias.

Contudo, há contraindicações! Pacientes portadores de doenças autoimunes, alérgicos aos componentes, com histórico de queloide ou cicatriz hipertrófica ou que apresentem infecção no local da aplicação não devem realizar o procedimento.

As sessões são mais espaçadas, contando 30 dias entre uma aplicação e outra. Assim, por se tratar de um processo gradual, os resultados não são imediatos, mas podem durar até 2 anos.

SAÚDE EM PRIMEIRO LUGAR!

Saiba que acima de tudo, estilo de vida, hábitos, histórico de saúde e genética são fatores primordiais que contribuem para o surgimento da flacidez e da gordura localizada.

Bem como, nenhum tratamento, sozinho ou associado produz milagres, é preciso estar atento à saúde, cuidar da alimentação e ter uma rotina de exercícios regulares.

Ficou surpreso com a quantidade de tratamentos que existem para combater a flacidez e as gordurinhas localizadas? A associação de técnicas é uma possibilidade e oferece resultados potencializados.

No entanto, para que bons resultados sejam alcançados, é importante que o procedimento, ou a associação deles, seja realizado por um dermatologista capacitado!

Tenha cautela ao selecionar um profissional, investigue a qualidade da formação, o currículo, se o médico em questão está capacitado para executar o cargo, se está afiliado aos órgãos da área como a SBD (Sociedade Brasileira de Dermatologia) e procure depoimentos de pessoas que já são ou foram pacientes!

Espero que o conteúdo tenha sido útil, tirado suas dúvidas e que agora você se sinta mais confiante para decidir sobre qual procedimento realizar!

Qualquer dúvida a respeito, deixe aqui nos comentários! Conte-me se você já fez algum desses procedimentos, se tem interesse me fazer ou qual outro já fez ou tem curiosidade!

Abraços!

Dr. Fábio Gontijo

 

Veja também: Sutura Silhouette
Saiba mais: Procedimentos estéticos
Gostou? Tem mais novidades aqui: InstagramFacebook


2 comentários

Solange Meireles · 10 de julho de 2019 às 22:18

Adorei o artigo. É sempre bom cuidar da nossa saúde para ter mais qualidade de vida. Obrigada por compartilhar!

    Dr. Fábio Gontijo · 15 de abril de 2020 às 13:58

    Obrigado Solange, seja sempre bem-vinda!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *