Uma pessoa, acredite, nunca deve permitir que a preocupação com a formação de rugas na boca a impeça de sorrir. Sim, todos nós sabemos o quanto uma gargalhada é capaz de esticar a pele ao redor dos lábios, mas isso não é motivo para desespero. Afinal, é para isso que a medicina estética existe!

As rugas acontecem quando o organismo reduz sua produção de colágeno, proteína que torna a pele firme e flexível. Isso, não se assuste, é completamente natural e ocorre conforme envelhecemos. Porém, isso não significa que você deva se render a esse processo, muito pelo contrário!

Se você chegou até aqui, é porque já imagina que existam algumas maneiras seguras e comprovadas de solucionar mais esse “problema” causado pela idade. E… bem: parabéns, aqui é o lugar certo para aprender todas elas! Para saber mais sobre esse assunto, continue comigo!

O que explica a formação de rugas na boca?

Muitas pessoas não sabem que uma das primeiras regiões do rosto a desenvolver rugas é a da boca! Parte disso se deve à finura da pele, que já possui menos colágeno em comparação às outras áreas da face.

Além disso, existem outros aspectos do processo de envelhecimento da pele que devem ser considerados, como a perda de elastina e glicosaminoglicanos (GAGs), que contribuem para a elasticidade e hidratação da pele, respectivamente.

Por fim, é claro que alguns fatores extrínsecos também podem aumentar o risco de rugas prematuras ao redor da boca. São eles:

Quais são, então, os tratamentos mais indicados para essa situação?

Agora sim, entramos em minha parte favorita. Separei aqui alguns dos procedimentos que, além de serem os mais procurados, são de fato os mais indicados para tratar as rugas na boca. Dê uma olhada em cada um deles e, para escolher o melhor para o seu caso, peça pela ajuda de um dermatologista, combinado?

Microagulhamento

Para garantir que as linhas fiquem uniformes e suaves, o microagulhamento é uma excelente opção. Aqui, um pequeno rolo repleto de microagulhas é deslizado sobre a pele algumas vezes. O objetivo é criar feridas pontuais para induzir um processo de cicatrização e, consequentemente, maior produção de colágeno. Com apenas algumas sessões, a região em torno dos lábios fica incrivelmente mais firme e macia.

Para saber tudo sobre o microagulhamento, leia:
Microagulhamento com Dermaroller: o que você precisa saber?

Preenchimento com ácido hialurônico

Para preencher melhor a região das rugas e, claro, dar um maior volume aos lábios, pode-se recorrer ao preenchimento com injeções de ácido hialurônico. Além de hidratar a pele, ele a deixa mais firme e volumosa. Os resultados são sutis e muito satisfatórios.

Para saber tudo sobre o preenchimento com ácido hiaurônico, leia:
Preenchimento com ácido hialurônico: tudo que você precisa saber

Peeling químico

Para regiões da boca em que as rugas são mais profundas, uma boa dose de peeling químico pode ser a melhor indicação para tratá-las. O objetivo aqui, também é acelerar um processo de cicatrização, só que por meio da descamação. O resultado, claro, é uma pele mais lisa, elástica e suave.

Para saber tudo sobre o peeling químico, leia:
Peeling químico: o que é e como funciona?

Toxina Botulínica

Administrada por injeções, ela atua relaxando os músculos faciais que, ao se movimentarem, criam uma aparência enrugada e rígida. Embora esse tratamento seja mais conhecido para as rugas dos olhos, ele também pode beneficiar as linhas dos lábios e a parte superior destes, além de melhorar a aparência da área ao redor.

Para saber tudo sobre a toxina botulínica, leia:
Toxina botulínica: tudo que você precisa saber sobre o assunto

Skinboosters

São pequenas injeções de ácido hialurônico que dão, literalmente, um “boost de hidratação” na pele. Os lábios, neste caso, apresentam um resultado incrível (aspecto imediato de saúde, textura adequada e rugas amenizadas).

Para saber mais sobre Skinbooster, leia:
Skinbooster: uma boa opção para rejuvenescer a pele instantaneamente
Skinboosters para os lábios: tudo sobre o “efeito gloss” que todo mundo quer!

Por fim, alguns detalhes extras:

Se você por acaso ainda estiver em dúvida sobre o que fazer com as rugas na boca, ou pensar que elas podem ser uma consequência de outros fatores, confira alguns de meus melhores artigos sobre os problemas e tratamentos que dizem respeito a essa região da face:

E, por fim: caso você ache que precisa de mais informações para saber como lidar com as rugas na boca, ou já quer partir para a escolha de um tratamento mas ainda não sabe qual, marque uma consulta comigo! Juntos, pensaremos na melhor solução para o seu caso!


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *